top of page
Buscar

Uma mistura de sabores e sons - Sabado do@ Chef


Como eu disse no post passado, vamos continuar falando sobre gastronomia!!

A gastronomia (do grego gastronomía), é um ramo de conhecimento que abrange a culinária, as bebidas, os materiais usados na alimentação em geral, e todos os aspectos culturais a ela associados.


Um gastrônomo, gourmet em francês, pode ser um(a) cozinheiro(a), mas pode igualmente ser uma pessoa que se preocupa com o refinamento da alimentação, incluindo não só a forma como os alimentos são preparados, mas também como são apresentados. Por exemplo, pode se preocupar com o vestuário, música ou dança que acompanham  as refeições.


O prazer proporcionado pela comida é um dos fatores mais importantes da vida depois da alimentação de sobrevivência. A gastronomia nasceu desse prazer e constituiu-se como a arte de cozinhar e associar os alimentos para, deles, retirar o máximo de benefício.


Vimos acima no texto, que na gastronomia se mistura música, dança, vestuário, os aspectos culturais em geral. E Aqui na Casa Cultural Dona Antonia encontramos essa mistura no evento Sábado do@ Chef!!


O evento foi idealizado por Sérgio Martins e a estreia foi no dia 10 de março de 2017, com uma deliciosa galinha caipira, preparada por ele mesmo, que foi o chef da vez.



A partir daí, convidados muito especiais que são chefs de cozinha, ou pessoas que amam cozinhar, já prepararam deliciosos pratos.



Um dos chefs, foi Gilson Pereira que é morador da comunidade e sempre trabalhou com bar e restaurante. Gilson preparou um prato super mineiro, o Bambá de Couve. Esse prato surgiu nas senzalas. Era preparado com o mingau de fubá que sobrava das casas grandes, e a ele se juntava, pedaços de couve rasgadas e pedaços menos nobres da carne de porco.



O sábado do@ chef completou sete anos no dia 10 de março deste ano, e dentre tantas delícias que já foram preparadas, vou mencionar algumas delas, pois se formos falar de todas, esse texto ficaria enorme rsrsrs.


Já tivemos rabada com agrião, deliciosas massas, tropeiro, angu a mineira, arroz carreteiro, galinhada com tutu de feijão, costelinha com ora pro nobis, frango com quiabo, prato tipicamente mineiro, que nos remete ao seculo XIX,  momento no qual o estado tinha dificuldade em trazer outros alimentos dos grandes centros da época – Bahia e Rio de Janeiro.



Charuto de repolho, a deliciosa feijoada, prato que foi criado pelos africanos escravizados que vieram para o Brasil. Mamão verde com costelinha, preparado pela nutricionista chef da vez Lidia Carliane. Teve até opção light como panqueca vegana, prato preparado pela chef da vez Renata, e lasanha de abobrinha, preparado pela personal trainer Isa Daniela.



E vejam só, o frango artopelado, cujo nome veio porque ao ser preparado na grelha, fica com marcas que lembram pneus de carro, daí o nome frango atropelado, e carne de lata, ambos preparados pelo chef Thiago Flores, do Mohan. O chef da vez, Victor tic tac, preparou um delicioso escondidinho de macacheira com carne de sol, um prato bastante popular nos estados do nordeste brasileiro.



Dona Maria Lima, fundadora da Casa Cultural, já teve seu dia de chef também, ela que sempre cozinhou para a família, uma comidinha caseira, junto com Dona Maria do Rosario, mãe da Polly, que é gestora com pessoas e colaboradora na Casa Cultural, prepararam uma deliciosa mostarda com costelinha.



E para ficar mais encantador o evento, não poderia faltar uma boa música. Muitos sons especiais já embalaram e embalam nossos ouvidos enquanto saboreamos as delícias que são de encher os olhos e o paladar. Diversos artistas da MPB, Pop rock, samba, dentre outros ritmos, também já doaram um pouco do seu tempo para que o evento ficasse ainda mais especial!!


Durante o evento acontecem também intervenções de dança, teatro, percussão, dentre outras, são momentos em que são mostradas as atividades que são realizadas na casa.


Apresentação dos alunos das aulas de teatro


Enfim, muitas delicias já foram e são preparadas com dedicação e carinho, por mãos de pessoas que acreditam na transformação através da arte e não medem esforços para colaborarem para que isso aconteça de forma efetiva.


Parabéns a todos e todas, que se dedicam para que o evento seja tão especial!!



E se você ainda não conhece o Sábado do@ Chef, vá conhecer. E lembre-se, participando você ajuda na continuidade dos projetos, pois além de oferecer momentos agradáveis, com delícias da culinária e atrações culturais, toda a renda arrecadada vai para manutenção dos projetos da Casa Cultural Dona Antonia!!


O sábado do@ chef acontece uma vez por mês, sempre aos sábados, basta ficarem ligadinhos nas redes sociais da @donaantoniacultura para saber todas as informações.

 

“Além de ser uma arte, cozinhar é  uma terapia. Estimula a criatividade e potencializa a autoestima”

 

Cozinhar é como um espetáculo: É preciso muita organização, treino, dedicação, conhecimento e amor para que, no final, os cinco sentidos o aplaudam de pé

(Fernando Capella Reis) - chef de cozinha

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Yorumlar


bottom of page