top of page
Buscar

O Terceiro Setor e a Paz Mundial


O Centro Cultural Dona Antônia volta a fomentar debates e informações sobre o Terceiro Setor a partir dessa terça-feira 23 de Março ás 19h, horário de Brasília. O novo formato da live, Tecendo o Terceiro Setor, retoma sua programação através do canal no You Tube, o Dona Antônia TV ,que, nos últimos anos vem trazendo entretenimento, informação e reflexões importantes tanto da arte, cultura e seus desdobramentos, quanto da sociedade, nossas relações e desenvolvimentos coletivos.

O que tem isso a ver com a paz no mundo? Hora! Senta aí que eu vou te contar!

O terceiro Setor ou OSC ( Organização da Sociedade Civil) como o nome sugere, é um tipo de organização da sociedade civil sem fins lucrativos que, apesar de ter uma organização empresarial, e costurar parcerias com instituições públicas, atende demandas sociais e presta serviços á comunidade, atuando de forma híbrida, com legislação própria do seu segmento, como também pode gerar recursos próprios e captar recursos privados sem obedecer as regras de mercado e do mundo empresarial. Assim, o Terceiro Setor se desenvolve mais como uma alternativa da sociedade de apoiar si mesma, buscando parcerias tanto do Estado como do setor privado, para a execução de suas atividades.

Mas, e a paz mundial?

Bem, o Dona Antônia tem como propósito cuidar das pessoas e acabar com as desigualdades. Essa missão por si já implica uma busca de harmonia social que auxilie o desenvolvimento do potencial humano a fim de emancipar e empoderar aquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Essa jornada acontece por meio de oficinas, cursos, palestras, arte, tecnologia e acompanhamento de grupos específicos, no caso em questão, idosos, mulheres e jovens de regiões com pouca presença do Estado e dos serviços que ele é autorizado a distribuir. Quando falamos em paz nos habituamos a atribuir aos governos e á organizações políticas a responsabilidade de mantê-la ou restituí-la em casos de caos ou declarações de guerra. Acontece que nos eximimos enquanto humanos, cidadãs e cidadãos da nossa parcela da tornar o mundo mais confortável e seguro para todes que nele habitam, incluindo nossos familiares, vizinhos e espaços que frequentamos.

O que podemos aprender com o terceiro setor é que ninguém é figurante nesse planeta. Cada uma e cada um tem algo a oferecer para que a harmonia e a paz estejam presentes por onde circulamos e nas nossas relações interpessoais e/ou institucionais. E principalmente em nós mesmas, pois como canta o saudoso Chorão " O homem quando está em paz não quer guerra com ninguém". E fazer algo por si mesma e pelo próximo ( um bom dia sincero já é bem valioso) pode fazer uma grande diferença nas guerras do dia a dia, porque a paz é mais sujeita á solidariedade e às partilhas do que ao egoísmo e ao individualismo de um mundo a parte que não existe. Estamos todes interligados, e a guerra de um se torna a guerra de todes em algum nível.

O retorno do programa traz Sérgio Martins ( Kibe) conversando com Fátima Rolim e Carlos Hamilton sobre as noções básicas do terceiro setor.Pesquise o Terceiro Setor e veja como podemos colaborar com a paz ao seu redor. Descubra que existem muitas pessoas trabalhando voluntariamente para encontrar novos caminhos e quem sabe você também se encontre transformando a vida de alguém. Se liga na programação no Dona Antônia TV e acompanhe nosso trabalho.



24 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Teco Martins
Teco Martins
Mar 23, 2022

Ouvi toda a Live. Conteúdo importantísimo para quem trabalha no terceiro setor e para todos os cidadãos! Parabéns a todos!

Like
bottom of page